NR 33 - Trabalhos em Espaços Confinados

Descrição

NR 33 - Trabalhos em Espaços Confinados.

Objetivo

Conscientizar os colaboradores quanto à prática e principais técnicas da realização de serviços em espaços confinados e capacitar os participantes através de treinamentos cognitivos e psicomotores, desenvolvendo hábitos preventivos e reflexos condicionados aos riscos existentes, que irão ajudá-los a lidar com eventuais situações de perigo e emergência,. A finalidade é de se evitar a ocorrência de acidentes e morte, eliminando as possíveis perdas e danos decorrentes de acidentes. Recentes pesquisas identificaram redução de até 70% no número de ocorrências entre as empresas que ministraram este curso para seus colaboradores.

Conteúdo programático:

  • Introdução;
  • Operação de Salvamento;
  • Análise preliminar dos riscos;
  • Área classificada;
  • Realização de trabalhos em espaços confinados;
  • Conhecimento sobre práticas seguras em espaços confinados;
  • Avaliação inicial da atmosfera;
  • Estudos de casos;
  • Definição de espaço confinado;
  • Abertura de linha;
  • Reconhecimento de espaço confinado;
  • Legislação de segurança e Saúde no Trabalho;
  • Gestão de segurança e saúde nos trabalhos em espaços confinados;
  • Riscos psicossociais;
  • Causas dos Acidentes em espaços confinados;
  • Critérios de indicação de EPIs;
  • Avaliação de espaços confinados;
  • Programa de proteção respiratória;
  • Procedimento para entrada em espaço confinado;
  • Permissão de entrada em espaço confinado.

A importância dos Primeiros Socorros:

  • Procedimentos de abordagem ao acidentado;
  • Detecção e priorização do atendimento ao acidentado;
  • Vias Aéreas: Procedimentos de liberação de vias aéreas;
  • Ferimentos: Técnica de tratamento específico em ferimentos localizados;
  • Queimaduras: Avaliação, classificação e atendimento para queimaduras;
  • Estado de Choque;
  • Parada respiratória - respiração artificial;
  • Parada cárdio - respiratória - técnicas de ressuscitação;
  • Fraturas: Técnicas de imobilizações;
  • Emergências clínicas: Reconhecimento e tratamento;
  • Transporte Manual de Acidentados: Critérios para remoção e avaliação da vítima para situações clínicas e de trauma (possibilidade de lesão coluna vertebral).

 

Carga horária: 40 horas (supervisor de entrada)

Carga horária: 16 horas (vigia e/ou entrante)

Carga horária: 08 horas (reciclagem)

 

Não perca tempo, inscreva-se já!

Use o botão abaixo para pedir mais informações, verificar o cronograma, ou participar deste curso:

sign up button